PERÍMETRO E ÁREA

Palavras-chave - Figuras planas, perímetro e área.

Materiais - Fita-cola de papel.

Descrição - O formador traça grandes iguras geométricas no chão, com lados de pelo menos 2 metros. O número de iguras deve ser suficientemente alto para que um número total de lados seja maior ou igual a metade dos participantes.

Exemplo: 20 participantes, servem pelo menos 10 lados: 1 quadrado e 2 triângulos.

O formador pode usar uma música para animar a atividade. Metade do grupo observa e age como um público. Metade dos participantes envolvidos, por sugestão do instrutor, começa a mover-se no espaço, sempre caminhando ao longo dos lados/alturas das iguras desenhadas no chão. A um sinal do formador, os participantes transformarão a sua caminhada de acordo com a sua posição.

Exemplos:

«Quem está numa base transforma-se em um idoso».

«Quem está numa altura transforma-se em um frango».

«Quem está numa hipotenusa transforma-se em um avião».

O formador dá paragens nas quais os participantes estão imobilizados e verifica, com a ajuda do público, que os passeios são apropriados para o lado/altura em que os participantes estão localizados.

Uma vez que se adquiriu o conhecimento básico, pode-se pedir aos participantes que apresentam as sequências de caminhada ao longo de uma dada igura que vão atravessar as partes da igura necessária para calcular o perímetro ou a área.

A caracterização das caminhadas pode ser enfatizada por um contexto (época, estilo cinematográico, etc ...) e por uma música escolhida pelos participantes.

Nesta segunda fase, é importante deixar aos participantes tempo suficiente para preparar a sua própria performance, que será exibida ao público.

Duração - A partir de 45 minutos.